Há não tanto tempo, para um fotógrafo ter o primeiro contato com a imagem capturada pela lente de sua câmera, era necessário esperar horas ou até dias. E pode acreditar, isso era agonizante.

Sim, isso porque o processo fotográfico exigia a compra de um filme negativo, o ato de fotografar, levar o filme até o laboratório, aguardar o processamento, retornar ao laboratório e só então apreciar o resultado obtido. Ufa!

O processo de revelação de um filme fotográfico acontecia em um “quarto escuro” ou ambiente vedado à luz. Hoje, felizmente, é possível ter acesso ao resultado imediatamente após a foto ser registrada, pelo próprio visor da câmera.

Apesar disso, ainda é necessário dar o tratamento adequado para imagem, de acordo com o uso final dela.

É ai que entra a necessidade de escolher um computador compatível com o tipo de uso que se dará para a imagem, como também com o volume de tratamento, edição ou manipulação de imagens.

Os hardwares, softwares, sistema de rede e internet e os formatos de arquivo compõem, portanto o “quarto escuro” da fotografia digital.

O computador ideal para fotógrafos

Diante de tantas opções e formatos de computadores, desktop, tablets, notebook disponíveis no mercado e, cada um deles com configurações diversas de hardware, a escolha da máquina ideal vai depender, basicamente, das tarefas que o fotógrafo irá desenvolver.

É preciso considerar o volume de trabalho e se é necessário ter portabilidade, além do espaço de armazenamento.

Apesar de diversas opções em nuvem, ainda assim, primeiro será necessário editar e tratar as imagens fotográficas.

Os notebooks tendem a ter processamento mais lento, por conta de suas limitações físicas, se compararmos com o potencial de configuração de um computador de mesa.

Porém, já há empresas especializadas na produção de notebooks de alta performance para fotógrafos e, também designers.

Tablets podem estimular a criatividade de manipulação artística, além da fácil portabilidade, mas terão menos recursos de periféricos e performance, assim como os notebooks.

Sistema operacional Windows

Outra importante decisão ao escolher o computador para trabalho com fotografia, se refere a escolha do sistema operacional.

O sistema operacional, nada mais é que o “programa mãe” que o computador precisa para funcionar.

Cerca de 95% de usuários preferem o Windows. Estes são produzidos por diversas marcas, como Dell, Accer, Sony dentre outras.

Atualmente, os computadores dessas marcas, já oferecem bons recursos para se trabalhar com fotografia.

Sistema operacional Mac OS (Macintosh)

Essencialmente, os Macs, farão o mesmo trabalho de um computador com Windows. E há uma grande discussão a respeito de qual SO é o melhor.

Independente da preferência, o fato é que será o conjunto de opções que fará de um ou outro computador com mais ou menos desempenho.

E isso se traduz em: quanto de investimento se tem disponível para comprar a ferramenta.

Compatibilidade entre sistemas operacionais

Não há compatibilidade entre Mac e Windows. Logo, os softwares para edição e trabalho com fotografias também são específicos para os sistemas operacionais.

É importante Certificar de adquirir softwares compatíveis com o sistema.

Características

Novamente, a escolha do equipamento dependerá do quanto de investimento poderá ser alocado.

Porém, um ponto de partida é considerar os seguintes critérios e características.

Disco rígido

Uma fotografia feita com uma Canon SL2, por exemplo, gera um arquivo fotográfico de 24MP e vai consumir um espaço aproximado de HD de 7GB.

Se a imagem receber tratamento ou manipulações complexas, esse “peso” poderá ser duplicado ou triplicado, por cada imagem.

Sendo assim, o tamanho do HD deve ser grande, a partir de 2TB.

Opcionalmente e possivelmente, prefira um HD somente para arquivos e outro para o sistema operacional do computador.

Dessa forma, caso haja alguma pane no sistema operacional, você terá menos risco de perder as suas fotos.

Processador

O processador ideal é um multi-core, pois quanto mais processamento o computador tiver, mais rápido ele trabalhará.

Monitor

O monitor ideal deve ter a tela em HD com 1080p, pois além de boa apresentação das imagens, ainda garante produtividade ao trabalhar com múltiplos arquivos.

Memória RAM

A memória RAM é um componente importante para tornar as atividades mais rápidas e deixar o computador com mais capacidade e performance para usar os softwares necessários de edição de imagem.

Sendo assim, considere que, quanto mais trabalho você tiver, maior deverá ser a quantidade de memória RAM.

Certifique-se de que os slots de memória possam ser expansíveis.

Idealmente, considere obter a maior quantidade de memória, mas dependendo do uso, o ponto inicial é 4GB, para um começo interessante.

Com essa composição inicial já será possível passar horas trabalhando nas suas fotografias.

Gostou de conhecer as principais configurações que um PC precisa ter para trabalhar com fotografias?

Que tal conhecer alguns computadores perfeitos para essa deliciosa tarefa?