Seja-bem vindo ao universo da fotografia. Se você comprou a sua primeira câmera digital e está com dúvidas sobre como começar a tirar fotos, este guia rápido foi feito para você.

Baterias

Apesar das câmeras digitais serem operadas da mesma forma que as antigas máquinas com filme, o primeiro ponto a considerar é que elas – as digitais – funcionam com eletricidade.

Sendo assim, o primeiro passo para usar a sua câmera é inserir as baterias corretamente. As baterias são projetadas especialmente para o modelo e marca da sua câmera fotográfica.

Outros modelos, no entanto, utilizam outras fontes de energia, como pilhas juntamente com a bateria.

Todas as câmeras que usam baterias recarregáveis, estarão acompanhadas do respectivo carregador.

E qui começam os cuidados: A bateria deve ser carregada completamente antes do seu uso e, preferencialmente, ser utilizada até o consumo total da sua carga.

Cartões de memória

Há apenas uma posição para inserir o cartão fotográfico no Slot da Câmera. Sendo assim, se houver dificuldades em inserir o cartão, não force a entrada dele.

Com a bateria e o cartão de memória instalados na câmera, começa a alegria dos primeiros cliques.

Controles básicos

A sua câmera tem botões de comando relativamente parecidos com outras marcas ou equipamentos. O importante, é compreender como acionar cada um deles, de acordo com a cena a ser fotografada.

Botão de disparo

O botão de disparo é sensível à pressão, sendo usado em duas etapas: a primeira ativa o sistema automático de focagem, e o segundo estágio aciona o obturador (dispositivo mecânico que abre e fecha, controlando o tempo de exposição do sensor à luz).

O segundo botão mais importante para iniciantes é o botão de cena.

Botão de escolha de cena

Se você quer ter mais controle para fazer as suas fotos, é importante compreender bem a relação entre as possíveis parametrizações entre velocidade do obturador, abertura da lente (f) e ajuste do ISO.

No entanto, há circunstâncias em que o disco de escolha de cena, indicado por pequenos ícones,  será a melhor opção.

Nele, é possível escolher “regulagens” preestabelecidas para diversas situações de ambiente e iluminação, tais como:

  • Retrato;
  • Paisagem;
  • Esporte;
  • Noite;
  • Luz de velas;
  • Dentre outros…

Quando você opta por usar esses recursos, a câmera fará os cálculos necessários para combinar a parametrização (ajustes), de acordo com o tipo de cena a fotografar.

Menus

Talvez, à primeira vesta, os menus poderão parecer confusos. Mas, com o tempo, você deverá se acostumará com eles, até porque os controles do menu disponibilizam funções essenciais para a utilização do equipamento.

Vale fazer uma breve passagem sobre os itens de menu e escolher as configurações que achar adequadas.

Se chegar a um ponto que começar a confundir, basta usar o recurso de “reset” disponível na câmera (veja o manual de instruções disponibilizado pelo fabricante).

As principais funções que poderão ser ajustadas no menu são:

  • Registro e exibição da data da fotografia;
  • Brilho do LCD (tela);
  • Escolha da resolução da imagem;
  • Dentre outros…

Nas câmeras com tecnologia touth-screen é possível interagir diretamente na tela de LCD. Algumas delas, ainda fornecem um tutorial contendo o passo a passo sobre as configurações necessárias ou preferenciais.

Outra dica, é ler o manual de instruções da câmera e, se quiser aprofundar mais, a boa é conhecer o curso de fotografia de paisagem dos “cara da foto” aqui.